Banda Herdeiros - Povos, Cantai! Nasceu Jesus
"E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito ...
HeartSong Cedarville University - A Mighty Fortress
A música Castelo Forte, de Martinho Lutero, numa versão contemporânea ...
Fernandinho - Música: Galileu
Galileu, o novo CD do Pr. Fernandinho, traz canções, cujas mensagens nos reportam ao ponto mai ...
Projeto Líder de Louvor - Ver aonde vou
Como um pai que educa o filho, Ele nos ensina a caminhar, mostra que nós temos um lugar. Ver o ...
Dinossauros da JELB - Teófilos.Net
Mona Liza
Dos anos 80 pra cá, muita coisa mudou! Não é mesmo, Mona Liza? Mas algo que permaneceu até hoje é a emoção de cantar de mãos dadas: "Juventude Luterana, forte em santa união!"

1) Seu nome completo:
- Mona Liza Fuhrmann

2) Qual sua Cidade e Estado de origem?
- Curitiba (PR), mas só nasci naquela bela cidade e a deixei com 15 dias. Morei até aos 10 anos em Florianópolis (SC) e dos 10 aos 24 em Canoas e P. Alegre (RS). Nos últimos 34 anos, moro em Vitória (ES) – ou circunvizinhança (Vila Velha e Serra)

3) Desde que ano participa das reuniões de grupos de jovens da JELB?
- Desde 1965 – exatamente no dia 28.11.1965, domingo de minha confirmação, participei pela 1ª vez, à tarde, da reunião da juventude na congregação CEL São Paulo de Canoas-RS (eu havia completado 11 anos, dois dias antes).

4) Ainda está em atividade, ou já está em “extinção”?
- Já me “aposentei” há quase 24 anos... (Quando eu tinha aproximadamente 35 anos – e ainda frequentava a juventude – levei um amigo visitante à reunião, e ele, ao dirigir-se ao grupo, falou: “Vendo-os aqui, em animada confraternização, sinto enorme saudades de minha juventude!”... Ao retornar para minha casa, mais tarde, me dei conta de que ele e eu tínhamos exatamente a mesma idade e cheguei à conclusão de que estava passando da hora de eu seguir em frente e participar de outros grupos, mais compatíveis com os objetivos e aspirações da minha faixa etária.)

5) Participou de quais congressos Nacionais? 
- Não consigo me lembrar com exatidão... Sei que participei de um, na região metropolitana de Porto Alegre, entre 1966 e 1975; do de Santo Angelo (RS), em 1979, e do de Piracicaba (SP), entre 1984 e 1986. Depois, estive como palestrante no de Santa Isabel (ES) e no de Concórdia (ou Joaçaba? – oeste de Santa Catarina) – não lembro em que ano...

6) Participação em Congressos Distritais: (lembra quantos?) 
- Todos os do DIPA (Distrito Porto-Alegrense) entre 1965 e 1978 e todos os do DISCA (Distrito Capixaba) entre 1980 e 1990.

7) Cargos ocupados na JELB/Distrito/União Juvenil: 
- Exerci a função de tesoureira no Distrito Porto-Alegrense entre 1977 e 79 e a de vice-presidente no Distrito Capixaba, por duas gestões, entre 1984 e 1989 – não me lembro das datas com precisão. Também fiz parte da diretoria da JelReVi na década de 80 (não me lembro bem do cargo nem do ano)  e integrei várias comissões, grupos teatrais, etc. nos três departamentos juvenis que frequentei.

8) Música(s) da JELB que você mais gosta:
- Gosto de muitas, mas para mencionar algumas: 
Te confesso ó Deus, os pecados meus...
Amarás, o Senhor teu Deus...
Grande, muito grande, é o amor de nosso Deus.
Deus é amor (Em Belém há muito tempo alguém nasceu...)
Oh! Vem guiar, Jesus, teu filho em tua luz...
Jovem, na tua mocidade, busca a Jesus com alegria...
E obviamente, o Hino oficial da JELB (Juventude luterana, forte em santa união!)

9) Momentos marcantes que viveu na JELB:
- Em 25 anos de participação em grupos juvenis, houve muitos momentos emocionantes, que me enriqueceram como cristã e como ser humano. Mas para não ser injusta, mencionando dois ou três e, eventualmente, preterindo algum outro mais significativo, vou citar um momento comum a todos os eventos e reuniões regulares da JELB, que sempre me emocionou muito: Encerrar o programa cantando “juventude luterana, forte em santa união”, com os braços entrelaçados, formando a corrente da amizade.

10) Do que você sente mais saudade dos tempos antigos?
Não sou uma pessoa saudosista; procuro vivenciar intensamente cada época da vida para não sentir falta dela mais tarde. Mas certamente que todas minhas experiências nos três departamentos juvenis que frequentei (CEL São Paulo de Canoas; CEL Cruz de Petrópolis, Porto Alegre, e JELREVI da CEL Redentor, de Vitória) foram muito gratificantes e deixaram saudades – principalmente das amizades que, por força da distância geográfica ou das circunstâncias da vida, não fazem mais parte do meu cotidiano atual. 

11) Fatos pitorescos:
- Muitíssimos... mas vou relembrar apenas dois, aqui: 
a) No primeiro acampamento realizado pela JelReVi (depois que o pastor Nilo Figur e eu introduzimos a “cultura” de acampar entre os jovens capixabas...), alguns colegas muito “previdentes” levaram para o acampamento – em uma pradaria de Alfredo Chaves – uma enorme panela de pressão com feijão pré-cozido (que absolutamente não serviu para nada, quando colocada sobre o fogo de chão...!) e um ferro elétrico...!!!

b) No retorno do Congressão de Piracicaba, um grupo de participantes (Jonatan Schmidt, Noemi Eller, Alaídeo Gonçalves, Claudio de Afonso Claudio e esta que vos conta o “causo”) resolveu fazer turismo por São Paulo e Rio de Janeiro, com os últimos trocados que haviam sobrado nos bolsos. No Rio, foram surpreendidos por uma tempestade que alagou a cidade e impediu o grupo de chegar à rodoviária na hora de apanhar o ônibus com destino à Vitória, para o qual tinham passagens compradas. Sem dinheiro para adquirirem novas passagens, foram tomados pelo desespero, ante a perspectiva de mendigarem nas ruas cariocas, por uma ou duas noites, até que os familiares pudessem enviar uma ordem de pagamento bancária (naquela época, ninguém do grupo possuía cartão de crédito...). Mas ao chegarem à rodoviária, alvissareira notícia os aguardava: Devido à inundação da cidade, o ônibus que viria para Vitória também se atrasara na saída da garagem. E assim, embarcamos aliviados e amanhecemos em casa, com uma bela aventura na bagagem...!

12) Mensagem para a JELB de hoje:
- Vivam intensamente sua juventude cristã: Componham e cantem músicas; escrevam e interpretem peças teatrais; promovam cultos jovens, ações evangelísticas e campanhas sociais; façam gincanas, festas e passeios; visitem outros grupos juvenis; acampem, viajem e participem de todos os eventos que puderem; apaixonem-se e, sendo correspondidos, iniciem uma nova família com um(a) irmã(o) de fé – se não o forem, guardem as emoções gratificantes e a dor de cotovelo junto com todas as lembranças do período. E, muito especialmente, façam amizades que, se possível, perpetuem-se pela vida adulta e velhice, ou, pelo menos, produzam gratas recordações para aquecer seus corações no futuro. Assim, nos anos vindouros, vocês não lamentarão a juventude que passou, mas darão graças ao bom Deus por tê-la vivenciado de forma plena, saudável e enriquecedora. 

JELB - Juventude Evangélica Luterana do Brasil
Publicado: segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Comente este post!

Teófilos.Net
Teófilos.Net - Um Site para os Amigos de Deus
Compartilhando: Conhecimento Bíblico - Artigos Teológicos - Conteúdo Cristão
E-mail: wagnerjann@gmail.com
2009-2017 - Todos os Direitos Reservados - Teófilos.Net
Desenvolvido por: Wagner Jann