Neste sábado, 19/11, Programa inédito Rock CPT com o especial da band
Programa inédito Rock CPT com o especial da banda Triúno. ...
Seminário Concórdia realiza Simpósio de Missão Internacional
A minha igreja está na cidade - Uma visão multifacial da missão da Igreja na cidade ...
Mensagem do presidente da JELB sobre seus 91 anos
O jovem Gadiel Baminger, presidente da Jelb, fala sobre a celebração dos 91 anos da Jelb ...
45º Congresso Nacional da JELB e 1º Encontro Latino Americano
Programação conjunta será de 17 a 22 de janeiro de 2017, em Governador Celso Ramos, SC ...
Banda Herdeiros - Povos, Cantai! Nasceu Jesus
"E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito ...
HeartSong Cedarville University - A Mighty Fortress
A música Castelo Forte, de Martinho Lutero, numa versão contemporânea ...
Fernandinho - Música: Galileu
Galileu, o novo CD do Pr. Fernandinho, traz canções, cujas mensagens nos reportam ao ponto mai ...
Projeto Líder de Louvor - Ver aonde vou
Como um pai que educa o filho, Ele nos ensina a caminhar, mostra que nós temos um lugar. Ver o ...
foto: Internet
João Batista – O precursor de Jesus
Os Grandes Homens da Bíblia no Novo Testamento

OS GRANDES HOMENS DA BÍBLIA DO NOVO TESTAMENTO

João Batista – O precursor de Jesus

João Batista, precursor de Jesus, foi enviado por Deus para preparar o caminho para Jesus, segundo relato do profeta Isaías: “Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso Deus. Falai ao coração de Jerusalém, bradai-lhe que já está findo o tempo da sua milícia, que a sua iniquidade está perdoada e que já recebeu em dobro das mãos do Senhor por todos os seus pecados. Voz do que clama no deserto: preparai o caminho do Senhor, endireitai no ermo, vereda a nosso Deus” (Is.40.1-3).

João descendia de pais piedosos e pertencia a uma geração sacerdotal tanto por Izabel como por Zacarias, ambos descendentes de Arão (Lc.1.5). Izabel também era prima de Maria, mãe de Jesus. Os pais de João Batista moravam em uma cidade situada na região serrana de Judá (Lc. 1.39).

O nascimento de João Batista demonstra claramente a intervenção divina na vinda daquele que foi escolhido para ser o precursor do Messias.  Sua mãe, Isabel, já idosa era considerada estéril; seu pai, também idoso, era sacerdote e duvidou da mensagem do anjo Gabriel que anunciava a gravidez da esposa e, por duvidar, ficou mudo até o nascimento do menino.  Por fim, o nome dado à criança surpreendeu a todos, por ser um nome não usual na família, mas Zacarias insiste no mesmo e, assim, volta a falar. (Lc. 1.8-20, 57-66)

João Batista possivelmente sabia que era o Elias profetizado (Lc.1.17, Mt.11.14; 17.10-13;Ml.4.5), não Elias em pessoa (Jo.1.21), por isso copiou os hábitos daquele profeta. “Usava João vestes de pelos de camelo e um cinto de couro; a sua alimentação eram gafanhotos e mel silvestre (Mt.3.4). Os gafanhotos eram assados ou secados ao sol e eram comidos como grãos tostados.

O local de suas pregações era o deserto da judéia, próximo do rio Jorão. A ênfase de suas mensagens era sobre o arrependimento “Arrependei-vos porque está próximo o reino dos céus” (Mt.3.2).  Com isso João Batista estaria preparando  a vinda do Messias, esperado por todos os judeus, pois o Messias era a fonte de toda as esperanças deste povo em restaurar a sua dignidade como nação independente. Os judeus defendiam a ideia da sua  nacionalidade ter iniciado com Abraão, e que esta atingiria o seu ponto culminante com achegada do Messias.

Com suas pregações João Batista tornou-se muito popular. Grandes multidões vinham ao seu batismo, incluindo publicanos e soldados (Mt.3.5; Lc.3.12-14). Até Herodes ouvia a  mensagem de João Batista com alegria (Mc.6.20). Quando João Batista percebeu que muitos fariseus e saduceus vinham ao batismo, sem estarem arrependidos, os convida a produzirem frutos dignos do arrependimento (Mt. 3.8). O historiador Josefo afirma que João “tinha grande influência sobre o povo, que parecia pronto a fazer o que ele aconselhasse”.

João Batista corajosamente denunciou todas as maldades que Herodes, o tretarca havia feito, e ainda denunciou o seu adultério com Herodias, a mulher de seu irmão Filipe, sendo por isso preso (Lc. 3.19-20), e posteriormente decapitado. Os discípulos de João trataram do sepultamento do seu corpo e de anunciar a sua morte ao seu primo Jesus.  (Mt.14.1-12).

DESTAQUES NA VIDA DE JOÃO BATISTA

- Foi um homem escolhido por Deus para preparar o caminho do Messias.  (Is.40.; Mt.3.11).
- Estava cheio do Espírito Santo desde o ventre materno (Lc. 1,15).
- Não se amedrontou diante de Herodes, pelo contrário denunciou o seu pecado de adultério com sua cunhada Herodias, o que lhe causou a morte por decapitação. (Mt.14.3-12)
- Mesmo sendo chamado por Deus para uma importante missão (preparar o caminho de Jesus) e ter sido exaltado pelo próprio Cristo, “Em verdade vos digo: entre os nascidos de mulher, ninguém apareceu maior do que João Batista” (Mt.11.11), era profundamente humilde, reconhecendo a sua indignidade diante da grandeza de Jesus.  “Mas aquele que vem depois de mim é mais poderoso do que eu, cujas sandálias não sou digno de levar” (Mt.3.11).

ENSINAMENTOS

- Deus não garante uma vida segura e fácil para aqueles que o servem, mas promete sempre estar ao seu lado.
- Deus quer que os seus filhos sejam ousados no anunciar da sua mensagem e que não se intimidem diante das ameaças do mundo.
- Realizar a vontade de Deus é o maior investimento que podemos  fazer na vida.
- Permanecer na verdade é mais importante do que a própria vida.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE JOÃO BATISTA

- A importância do seu nome João, em grego Ioannes, derivado do hebraico Yohan advém do seu significado que é "Deus tem sido gracioso" e apelidaram-no "Batista" pelo fato de pregar batismo de arrependimento (Lucas 3,3).
- Nasce em resposta à oração, e seu nome é escolhido por Deus (Lc.1.13).
- Enquanto crescia em tamanho, crescia também espiritualmente e viveu grande parte da sua vida no deserto (Lc.1.80).

VERSÍCULO-CHAVE: “Em verdade vos digo: entre os nascidos de mulher, ninguém apareceu maior do que João Batista; mas o menor no reino dos céus é maior do que ele” (Mt.11.11). “Convém que ele cresça e que eu diminua” (Jo.3.30).


Rev. Martinho Carlos Fach 
Congregação "Esperança" de Campo Grande, Cariacica - ES 
Martinho Carlos Fach - Pastor conselheiro da LLLB
Site Oficial da Liga de Leigos Luteranos do Brasil
quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Comente este post!

Teófilos.Net
Teófilos.Net - Um Site para os Amigos de Deus
Compartilhando: Conhecimento Bíblico - Artigos Teológicos - Conteúdo Cristão
E-mail: wagnerjann@gmail.com
2009-2017 - Todos os Direitos Reservados - Teófilos.Net
Desenvolvido por: Wagner Jann