Neste sábado, 19/11, Programa inédito Rock CPT com o especial da band
Programa inédito Rock CPT com o especial da banda Triúno. ...
Seminário Concórdia realiza Simpósio de Missão Internacional
A minha igreja está na cidade - Uma visão multifacial da missão da Igreja na cidade ...
Mensagem do presidente da JELB sobre seus 91 anos
O jovem Gadiel Baminger, presidente da Jelb, fala sobre a celebração dos 91 anos da Jelb ...
45º Congresso Nacional da JELB e 1º Encontro Latino Americano
Programação conjunta será de 17 a 22 de janeiro de 2017, em Governador Celso Ramos, SC ...
Banda Herdeiros - Povos, Cantai! Nasceu Jesus
"E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito ...
HeartSong Cedarville University - A Mighty Fortress
A música Castelo Forte, de Martinho Lutero, numa versão contemporânea ...
Fernandinho - Música: Galileu
Galileu, o novo CD do Pr. Fernandinho, traz canções, cujas mensagens nos reportam ao ponto mai ...
Projeto Líder de Louvor - Ver aonde vou
Como um pai que educa o filho, Ele nos ensina a caminhar, mostra que nós temos um lugar. Ver o ...
foto: Internet
Não Ocultem a Luz
Devocionário Orando em Família 2012, da Encontro Publicações

“Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens...” (Mt 5.16)

A palavra de Jesus sempre nos atinge de um lado inesperado. Ele não formula a parábola para comparar seus discípulos, dizendo: “É noite. Acendam uma luz para iluminar a casa escura”. Pelo contrário, ele diz: “A luz brilha: não a escondam; não a coloquem onde não possa iluminar ninguém”. Ele não diz aos discípulos: “Tornem-se a luz do mundo”, mas “Vocês são a luz do mundo”, assim como ele também não disse de si: “Eu faço de mim a luz do mundo”, mas “Eu sou a luz!”.

Por que essa palavra nos surpreende? Porque os pensamentos de Jesus e os nossos não têm a mesma procedência. Enquanto nós partimos de nós mesmos, Jesus parte do que Deus nos dá. Quem inicia consigo mesmo, inicia com nada, com aquilo que lhe falta, com a lâmpada apagada... No entanto, como Jesus parte do que Deus faz, sua lâmpada já está acesa e ilumina a casa. Por isso, ele incumbe os discípulos de apenas não ocultarem essa luz.

Quem inicia consigo, isto é, com o nada, sempre terá muito a fazer! Elabora grandes programas de tarefas e metas a cumprir e assim se torna um carregador de fardos pesados. Jesus também programa uma tarefa, comprometendo-nos com a obra de não obscurecer a luz e não arruinar a dádiva recebida.

Nós sempre almejamos realizar-nos; mas Jesus quer que nos tornemos naquilo que a graça de Deus opera em nós! Isso é um jugo suave e um mandamento seríssimo! Não importa se meus planos fracassam, mas, se arruíno e torno infrutífera a dádiva divina, eu me torno culpado. Quem apaga a luz que lhe brilha, acaba no escura! Como no ponto de partida, também no resultado, os pensamentos de Jesus divergem dos nossos. Nós iniciamos com nada e terminamos no discurso; Jesus parte das dádivas de Deus e nos capacita para obrar. O que Deus nos dá não são meras palavras, mas é vida e ação! O Reino de Deus não consiste de palavras, mas de poder (1Co 4.20).

Oração: Tuas dádivas, ó pai, abraçam-me... Concede-me, pois, que aquilo que me deste produza fruto para a tua glória.

Adolf Schlatter (1852-1938) – foi professor de teologia na Alemanha
Pastor Adolf Schlatter (1852-1938)
Devocionário Orando em Família 2012, da Encontro Publicações
domingo, 21 de julho de 2013

Comente este post!

Teófilos.Net
Teófilos.Net - Um Site para os Amigos de Deus
Compartilhando: Conhecimento Bíblico - Artigos Teológicos - Conteúdo Cristão
E-mail: wagnerjann@gmail.com
2009-2017 - Todos os Direitos Reservados - Teófilos.Net
Desenvolvido por: Wagner Jann