Benefici di Lida Daidaihua Meizitang Ingredienti meizitang funziona viagra super active 50 mg viagra super active Italia cialis super active italia cialis super active opinioni cialis super active 20 mg Cialis Tablets Ireland Viagra Original Viagra Original Price in Ireland Viagra Original Contraindications Cialis Original Cialis Original Side effects cialis original Interaction
viagra for sale nz viagra online nz cialis pills nz cialis new zealand kamagra gel nz viagra nz cialis nz Viagra online cialis tablets uk levitra 20mg uk buy cialis london cialis pills for sale uk buy kamagra uk kamagra online uk levitra online uk
Viagra Super Active+ 100mg Pills Generic Viagra Super Active 100mg Viagra Professional 100mg Viagra Professional Sildenafil Citrate 100mg Generika Viagra Professional Viagra apotek Viagra Sildenafil Citrate Tablet Original Viagra Brand Viagra Viagra Varumark Viagra 50mg Cialis Original Brand Cialis Cialis online Levitra Original
Anadrol Oxymetholone Anadrol Oxymetholone 50mg Primobolan Primobolan Oral Proviron for Sale Proviron Pills Turinabol Dosage Turinabolos Android 10mg Android Pills Cytomel (T3) Cytomel T3 Results DBHGH HGH Supplement Jintropin Somatropin
Riptropin Hgh Reviews Riptropin Results Getropin Dosage Getropin Side Effects Getropin 100iu Getropin For Sale Hgh For Sale HGH Benefits Hgh Generic Name Hgh Generic Blue Tops Hcg Diet Plan Hcg Levels Calculator Hcg-Int Hcg-Insertd-1/2 IGF Better Than HGH
Neste sábado, 19/11, Programa inédito Rock CPT com o especial da band
Programa inédito Rock CPT com o especial da banda Triúno. ...
Seminário Concórdia realiza Simpósio de Missão Internacional
A minha igreja está na cidade - Uma visão multifacial da missão da Igreja na cidade ...
Mensagem do presidente da JELB sobre seus 91 anos
O jovem Gadiel Baminger, presidente da Jelb, fala sobre a celebração dos 91 anos da Jelb ...
45º Congresso Nacional da JELB e 1º Encontro Latino Americano
Programação conjunta será de 17 a 22 de janeiro de 2017, em Governador Celso Ramos, SC ...
Banda Herdeiros - Povos, Cantai! Nasceu Jesus
"E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito ...
HeartSong Cedarville University - A Mighty Fortress
A música Castelo Forte, de Martinho Lutero, numa versão contemporânea ...
Fernandinho - Música: Galileu
Galileu, o novo CD do Pr. Fernandinho, traz canções, cujas mensagens nos reportam ao ponto mai ...
Projeto Líder de Louvor - Ver aonde vou
Como um pai que educa o filho, Ele nos ensina a caminhar, mostra que nós temos um lugar. Ver o ...
foto: Internet
Mensagem de Ano Novo – 2009 - Tema: "Acompanhados por Deus”
Baseado no Texto Bíblico: Isaías 41.10

“Acompanhados por Deus” – é o lema da IELB para 2009.
- Que impressão ou sensação nos causa esse lema?

Certamente precisamos nos cuidar para não nos encher de uma falsa segurança espiritual e pensar que por conta da “Companhia de Deus” já não seremos mais assaltados pelo pecado e pelas tenta-ções e armadilhas de Satanás.
Ou pensar que a “Companhia de Deus” é sinônimo de prosperidade, bem-estar, saúde, vida longa. TEXTO: Is 41:10: “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel.”

Nada disso está obrigatoriamente incluído nesta presença e companhia de Deus.

Isso porque a vida, na dimensão atual, sob o jugo do pecado e o domínio do mal, é vida sob a cruz; é vida sujeita a toda sorte de tribulações, dores e tristezas, também para os filhos de Deus.

E se a oração sacerdotal de Jesus é para que o Pai nos guarde do mal, ora ele para que a nossa alma seja preservada íntegra para a vida eterna ante o ímpeto destruidor do maligno que quer nos afas-tar de Deus.

Portanto, esse lema é, antes da mais nada, - um desafio à fé!

Em primeiro, é um desafio à fé porque a companhia de Deus é invisível, não palpável, não clara ou ex-pressa.
Será uma frustração muito grande se ficarmos imaginando e esperando uma manifestação sobrenatural da presença e companhia de Deus ou se ficarmos contando com milagres salvadores.

Em segundo, é um desafio à fé porque a presença e companhia de Deus não garante absolutamente que será um ano fácil que estaremos o tempo todo e diante de tudo, cheios de coragem, bom-humor, esperança, ânimo, alegria, paz.
Não garante que finalmente o diabo vai ficar distante e que o pecado não vai nos assaltar e humilhar com tentações e armadilhas mil.

Em terceiro, - “Acompanhados por Deus” - é um desafio à fé porque a vida pode nos levar a momentos de gran-de solidão e luta espiritual, e, a depender do conhecimento, da fé ou da fantasia que te-mos a respeito de Deus, poderemos cair na tentação de imaginar que Deus nos abandonou, es-queceu de nós ou nem sequer existe.
Jesus enfrentou a experiência da tentação do abandono de Deus nos 40 dias no deserto, sendo assedi-ado e tentado pelo diabo. Ele foi conduzido para lá pelo próprio Deus.
Estava acompanhado por Deus?
- Estava!
Estava guardado por Deus?
- Estava!
Nem por isso aquele foi um momento fácil.
Foi um momento abençoado, sim, especialmente para nós.
Mas foi um momento terrível e perigoso, por causa dos propósitos de Deus a serem cumpridos no caminho da redenção da humanidade.
E, certamente a intenção do demônio era para minar a confiança de Jesus na presença, compa-nhia e amor do Pai e assim desvia-lo do propósito de Deus.

A luta e a tentação de Jesus no deserto é o retrato fiel da vida do crente; - amado por Deus, a-companha-do por Deus, guardado por Deus, mas cercado das forças malignas presentes nas suas pró-prias entranhas.

E aí está o grande desafio à fé deste lema. Em momento algum Jesus perdeu a fé no amor do Pai, na sua companhia e na sabedoria de seus propósitos para conosco.

Há um segundo momento em que Jesus enfrenta provação profunda à sua confiança no amor do Pai, na sua presença e companhia e na sabedoria de seus atos em relação a nós.

E esse segundo momento é quando ele está no Getsêmani – às vésperas de ser preso, humilhado e torturado.

Também esse momento de Jesus retrata fielmente a nossa vida naqueles momentos ingratos e cruéis, em que só dispomos da oração da fé para nos amparar, encorajar e fortalecer.

Os amigos de Jesus, lá no Getsêmani, dormem e quando ele é preso eles o abandonam e fogem
Estão cansados. Incapazes de compreender a angústia espiritual porque passa Jesus.
Sem forças para se solidarizar na oração.
Eles estavam lá perto. Mas não basta estar perto!
Presença física e palavras ocas não ajudam em nada.
Quando um irmão está em luta espiritual, é necessário a companhia e força espiritual das orações.

Também aqui percebemos um desafio à fé.
Pois assim como Jesus, também nós sentimos que o cálice que nos é oferecido é amargo demais.
Podemos ser levados a duvidar de que Deus esteja realmente presente, se importando conosco, nos acompanhando.
No entanto a segurança e o fortalecimento em meio à provação vem justamente com a submissão da fé à sabedoria e direção de Deus: - Seja feita a tua vontade e não a minha.

Mas o ápice do desafio da fé que confia na companhia e nos atos de Deus, encontramos em nosso Se-nhor na cruz, ante o horror da morte que se afigura invencível, e não há nada a se fazer a não ser se deixar levar.
- “Meu Deus, por que me abandonaste?" – clamou nosso Senhor.
E a resposta da fé a esse sentimento de desamparo e abandono é: - “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito”.

Esse é o nosso desafio maior:
- Saber-se efetivamente acompanhado e guardado por Deus na hora da morte, porque ela se a-presenta com uma máscara terrível de abandono e solidão.
E talvez a última tentação seja a de pensar que se Deus fez o que fez com seu próprio santo e inocente Filho o que não estará reservado para nós pecadores?
Mas, justamente aí está a nossa maior segurança: - a de que aquele que em tudo foi tentado e sofreu igual a nós é poderoso para nos compreender e auxiliar em nossas próprias fraquezas e lutas espirituais.
E para que tenhamos a mesma confiança e coragem ante tudo que nos assalta, ele, o próprio que viu-se abandonado e desamparado pelo Pai, nos anima dizendo:
“No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo. (João 16:33) “Eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos”. (Mt 28.20)

E, por fim, o que há de prático para nossa vida de filhos de Deus e família da fé neste lema?

“Acompanhados por Deus” (pelo Deus invisível e que se esconde) – é uma afirmação positiva de nossa missão como mensageiros e embaixadores de Deus, servos e sacerdotes de Cristo, para manifes-tar a presença e companhia de Deus através e por meio de nós em oração e caridade.

Deus nos acompanha para que sejamos companheiros espirituais uns dos outros, assim que, quan-do um irmão está no deserto ou no Getsêmani ou na cruz, - a nossa companhia espiritual seja a manifes-tação viva da companhia consoladora de Deus.

Portanto, “acompanhados por Deus” implica em buscar a companhia dos irmãos da fé, a viver na comunhão do corpo de Cristo a estar presente e participante no culto do Senhor, onde Palavra, Sacra-mento e Companhia dos irmãos são sinais concretos, visíveis e afetuosos da presença e companhia de Deus para nós.

“Acompanhados por Deus” é portanto um lema que alicerçando nossa confiança na companhia de Deus em misericórdia e amor, deve orientar nossos passos, mover nosso coração e mente para atitudes efetivas de comunhão, de acolhimento, de companhia espiritual, física e material a favor de todos os que caminham conosco na estrada da vida, especialmente os que se debatem em meio a lutas espirituais, solidão e vazio existencial.

É nossa missão manifestar-lhes a companhia e acolhimento de Deus. Pelo que recomenda o apósto-lo Paulo:
“Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de delicadeza e, de paciência. (Cl 3:12)

“A tua presença, ó Deus, me enche de alegria e me traz felicidade para sempre.” (Sl 16:11)

ORAÇÃO (Hino 321 – Hinário Luterano)
Quero estar, Jesus, contigo e aonde fores, te seguir. És o meu fiel amigo, só a ti irei servir.
És o autor da minha vida, de minha alma benfeitor. Toda a força para a lida vem de ti, ó Salva-dor.
Quem seria semelhante a Jesus no seu amor, que na cruz, agonizante, se tornou meu Reden-tor?
Sei que devo dedicar-me ao que a vida deu por mim e que devo declarar-me fiel a Cristo até ao fim.
Sou por ti acompanhado na alegria e no amargor; quero estar, pois, a teu lado para sempre, ó bom Senhor.
Eu espero o teu chamado a deixar o mundo aqui, pois está bem preparado quem confiar somente em ti.
Pastor João Carlos Tomm
Baseado no Texto Bíblico: Isaías 41.10
domingo, 21 de julho de 2013

Comente este post!

Teófilos.Net
Teófilos.Net - Um Site para os Amigos de Deus
Compartilhando: Conhecimento Bíblico - Artigos Teológicos - Conteúdo Cristão
E-mail: wagnerjann@gmail.com
2009-2018 - Todos os Direitos Reservados - Teófilos.Net
Desenvolvido por: Wagner Jann
rolex replica sale | hublot replica uk | replica watches sale | rolex replica uk